CANDIDATOS E ELEITOS DEPUTADOS ESTADUAIS NO BRASIL: PARA ONDE VAI A REPRESENTAÇÃO POLÍTICA? (1998-2018)

Tiago Alexandre Leme Barbosa, Bruno Marques Schaefer

Resumo


O trabalho analisa a evolução do perfil social dos candidatos e eleitos para o cargo de deputado estadual no Brasil entre os anos de 1998 e 2018. Com base nos dados dos Observatório de Elites Políticas e sociais observamos as variáveis gênero, escolaridade e profissão entre os postulantes aos legislativos estaduais. Testamos duas hipóteses sobre o perfil das candidaturas e dos eleitos: popularização e profissionalização. Os dados indicam que mulheres ainda estão sub-representadas e que o nível superior completo é um atributo de candidatos e eleitos. Os nossos achados sinalizam para uma maior presença de políticos profissionais entre os eleitos, confirmando assim a noção de que estaria ocorrendo uma profissionalização da competição política. Embora o pleito de 2018 apresente resultados diferentes dos anteriores, a competição política no país está seguindo o padrão de democracias mais antigas, nas quais agentes já inseridos no campo político tendem a terem mais chances de eleição.


Palavras-chave


Recrutamento político; Profissionalização política; Elites Políticas; Legislativos Estaduais;

Texto completo:

POR ENG SPA