DEMOCRACIA, INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL E DESAFIOS REGULATÓRIOS: DIREITOS, DILEMAS E PODER EM SOCIEDADES DATIFICADAS

Sivaldo Pereira da Silva

Resumo


Este artigo visa identificar questões-chaves que atravessam hoje a construção de políticas de Inteligência Artificial (IA), tendo como premissa o horizonte regulatório adequado para este campo em ascensão. A análise foi desenvolvida a partir de pesquisa documental e bibliográfica, sob a lente de princípios normativos com pressupostos em Teoria Política e Teorias da Democracia. Após sintetizar os aspectos mais proeminentes que configuram o modo de funcionamento de sistemas de IA, o trabalho elencou sete problemas-chaves de ênfase política que estão nos alicerces deste debate: (1) personificação e imputabilidade da máquina; (2) dilemas e julgamentos morais; (3)  autoritarismo estatístico das métricas; (4) obscurantismo matemático nos processos; (5)  pervasividade utilitarista dos sistemas-autônomos; (6) controle e fronteiras da eficiência; (7) diversidade e representatividade nos códigos.


Palavras-chave


Inteligência Artificial, Democracia digital, Políticas Públicas, Regulação Algoritmica,

Texto completo:

POR ENG SPA