CULTURA POLÍTICA E A ÊNFASE NA ESCOLHA: A TEORIA EVOLUTIVA DA EMANCIPAÇÃO HUMANA / POLITICAL CULTURE AND THE EMPHASIS ON CHOICE: THE EVOLUTIVE THEORY OF HUMAN EMPOWERMENT

Lucas Toshiaki Archangelo Okado, Ednaldo Aparecido Ribeiro

Resumo


O trabalho de Ronald Inglehart sobre a síndrome do pós-materialismo foi um dos responsáveis pela retomada da agenda culturalista no final dos anos setenta. Ele contestou o conceito normativo de cultura cívica, identificando o que, futuramente, se convencionou denominar de cidadania crítica. Recentemente alguns pontos de seu trabalho foram revisados, dando origem a novas proposições teóricas acerca da mudança cultural. O objetivo deste trabalho é apresentar alguns elementos recentes daquele debate propostos na teoria evolutiva da emancipação humana, com ênfase nas novas formulações das proposições teóricas da mudança valorativa, no tratamento empírico dado a este fenômeno e suas consequências para as democracias contemporâneas. Para este intento, são apresentadas evidências de como a mudança de valores tem afetado o conceito de cultura cívica, as transformações teóricas e empíricas desta agenda, bem como as críticas mais importantes direcionadas a estas novas formulações.


Palavras-chave


Mudança Cultural; Pós-Materialismo; Valores Emancipatórios

Texto completo:

PDF